Mulher faz peeling de fenol e perde um rim: "Sensação de algo estar comendo a pele" - OPINATORIO

Breaking

OPINATORIO

noticias, celebridades, famosos, política

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 19 de setembro de 2020

Mulher faz peeling de fenol e perde um rim: "Sensação de algo estar comendo a pele"

Tatiane/Foto Reprodução Web

Todo lugar que pesquisamos tem alguém indicando um ácido ou produto e se dizendo especialista na área, em 2017 quando a então dona de um salão de beleza no Mato Grosso identificada como Tatiana, 43, aceitou fazer gratuitamente um peeling facial, procedimento que serve para acne inflamada ou renovar a pele. Só que a profissional que ofereceu esse serviço a ela usou fenol, um ácido muito corrosivo usado em pessoas com rugas profundas ou pele manchada e que promete até 20 anos de rejuvenescimento. Por causa disso, ela conta, perdeu a funcionalidade de um dos rins, teve os dentes fragilizados e ficou com problemas na visão.

Passados três anos e ainda se recuperando das sequelas, Tatiana resolveu expor o caso nas redes, com objetivo de alertar para os cuidados na hora de fazer qualquer procedimento estético. O post já teve mais de 3,5 mil compartilhamentos. A dermatologista Gabriela Munhoz, especialista em tratamento e prevenção de problemas estéticos na pele, decreta: o procedimento só pode ser feito em clínica, com cirurgião plástico ou dermatologista,


"Primeiro deu uma 'pinicadinha', foi aumentando e já comecei a gritar e chorar. E desmaiei. Ela passou pasta d'água em mim, e colocou um ventilador em cima do rosto para passar a ardência. Parecia que algo estava comendo minha pele", Tatiana relembra.

A comerciante foi então para casa com o rosto bem inchado, mas a então massagista, ela conta, disse que a reação era normal. Até que sua visão foi ficando turva e a audição prejudicada. Foi quando ela decidiu ir para o hospital.
Tatiana/ Foto Reprodução Web

"Vieram ainda dores de cabeça muito intensas, e não conseguia mais respirar. Chorava muito e meu coração estava acelerado", lembra ela, que ficou quatro dias internada, sob efeito de sedativo.

Por causa das feridas, incluindo herpes, Tatiana precisou tomar uma série de antibióticos e antiinflamatórios para o rosto desinchar. Em altas doses, eles podem causar insuficiência renal aguda, conforme explica o nefrologista Marcelo Mazza, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia e da Fundação Pro-Renal. Depois de um ano de tratamento, ela diz que um dos rins atrofiou e secou, e hoje usa diurético:"Eu já tinha um rim menor que o outro. Com o uso desses medicamentos, ele atrofiou e não tem mais função nenhuma. Os dentes ficaram frágeis também por causa dos medicamentos e hoje uso aparelho dental. Também preciso usar óculos de grau".

Apesar de não ter ficado com cicatrizes no rosto, ela diz que sente-se refém da maquiagem, pois possui algumas manchas - e ainda sente dores de cabeça. Com medo de passar por qualquer outro procedimento estético, ela faz microagulhamento no rosto a cada três meses, para reduzir essas manchas. Desta vez, com uma dermatologista.

"Agora aprendi a me informar sobre a qualificação do profissional antes de realizar qualquer procedimento, e ainda fazer teste de alergia", ela conclui.

Att: Antônio S.

No nosso caminho temos que aprender a dar o devido valor as pessoas que aparecem no nosso caminho, jamais se esqueça de que fazer o bem é uma escolha que vai te ajudar sempre, você jamais vai perder em fazer o bem, seja para pessoas ou para animais, não sabemos o dia de amanha, e a caridade é a resposta para o futuro pois é o único tesouro que podemos ajuntar no céu é a caridade pois é através dela que Deus  que estamos trilhando no caminho certo. E não tenha medo de ser chamado de bobo, ou chamado de trouxaapenas faça sua parte, caminhe seu caminho, no fim da sua vida será entre você e Deus, e não entre você e essas pessoas que tanto te critica.


Att: Direção

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here