Facções cobram mensalidade por segurança a comerciantes do Subúrbio de Salvador - OPINATORIO

Breaking

OPINATORIO

noticias, noticias de hoje, noticias do brasil

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Facções cobram mensalidade por segurança a comerciantes do Subúrbio de Salvador

Foto Reprodução Web

Suspeitos de cobrar “pedágios” como forma de garantir proteção a comerciantes no Subúrbio de Salvador passaram a ser investigados pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, em entrevista à TV Bahia, na manhã desta terça-feira (08), as denúncias foram feitas inicialmente no bairro do Lobato, duas pessoas já foram presas e outros suspeitos foram identificados.


“Nós não vamos aceitar a presença de milícias, cobrança de pedágios nas nossas comunidades. A polícia está atenta, tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar, estamos contando com o apoio do Ministério Público, da Polícia Federal, ou seja, há uma grande força-tarefa para impedir que ações como essas aconteçam na região”, afirmou.

O comandante ainda alertou para que os comerciantes não paguem esses pedágios. De acordo com ele, este tipo de situação deve ser denunciada à polícia. Segundo a TV Bahia, informações iniciais apontam que os ‘pedágios’ podem ser de até R$ 100 por semana.


“Nós já informamos aos comerciantes, para que eles nos procurem. Nós temos o telefone do 190, nós temos a Companhia na área. Por exemplo, na região do Lobato, nós temos um major muito comprometido, e ele já sabe dessas situações, tanto que nós estamos utilizando a questão da inteligência para identificação. O mais importante é que as pessoas não alimentem essa prática criminosa, porque nós vamos dar segurança”, falou o comandante.

Ainda conforme o Coronel Anselmo Brandão, existe informação de que alguns assassinatos registrados em Salvador teriam ocorrido após a recusa do pagamento dos ‘pedágios’. A motivação dos crimes, contudo, ainda é investigada pela polícia.

“Nesse momento estamos nas denúncias. As pessoas estão informando que houve mortes, mas ainda não sabemos qual foi a motivação. Se a motivação for essa, fique certo que os infratores serão punidos. Nós temos uma força-tarefa indo em busca dessas pessoas, e isso tem que ficar bem claro. O Estado não irá permitir a presença de milícias de traficantes cobrando pedágio aqui na nossa capital”, frisou.

“Se estiver acontecendo, nós vamos tomar providências. Nós não vamos permitir que ações como essa sejam recorrentes aqui na nossa capital e nem no nosso estado. Isso nunca aconteceu, nós não temos conhecimento desses fatos de maneira acintosa como está sendo colocado, porque a Polícia Militar está sempre presente”, disse.

Att: Antônio S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here