Ex-CEO do McDonald’s processado por assédio sexual - OPINATORIO

Breaking

OPINATORIO

noticias, celebridades, famosos, política

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Ex-CEO do McDonald’s processado por assédio sexual

Foto Reprodução Web

O ex-CEO da rede de fast-food McDonald’s, Steve Easterbrook, está sendo acusado e processado pela própria cadeia de lanches por assédio sexual contra funcionárias da empresa. De acordo com uma matéria publicada pela revista Veja nesta sexta-feira (4), o executivo havia sido demitido do cargo há 10 meses atrás após praticar sexting (sexo por mensagem) com uma empregada da empresa.

Após de ter deixado o McDonald’s com uma compensação milionária em troca de sua saída, apareceu outra funcionária que revelou que Easterbrook havia mantido relações sexuais com um colega de trabalho. A denúncia causou revolta na rede de fast-food, que entrou com um processo judicial contra o ex-CEO, acusando-o de ter mentido, ocultado evidências e cometido fraudes enquanto fazia parte do quadro de funcionários da empresa.

Segundo a matéria, foi durante as investigações para o processo judicial que foi descoberto o envolvimento de Steve Easterbrook com outras três funcionárias do McDonald’s, descobriu-se que em uma das ocorrências chegou a oferecer ações da rede à uma colega de trabalho em troca de favores sexuais.

O McDonald’s por sua vez afirma que, não tinha ciência dos abusos comeridos durante os períodos analisados e nem a quantidade deles, por isso, agora a empresa garante que irá reavaliar as compensações financeiras envolvida na rescisão de Easterbrook: um valor estimado em R$40 milhões de dólares.


Att: Antônio S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here