Jornalista cego é discriminado nos bastidores do Caldeirão do Huck - OPINATORIO

Breaking

OPINATORIO

noticias, celebridades, famosos, política

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Jornalista cego é discriminado nos bastidores do Caldeirão do Huck

Foto Reprodução Web

O participante do quadro quem quer ser um milionário, o jornalista Marcos Lima, que é cego e tem um canal com quase 180 mil inscritos, revelou ter sido discriminado durante sua participação no quadro “Quem Quer Ser Um Milionário?”, do Caldeirão do Huck. O caso aconteceu em dezembro de 2018, mas só foi contado pelo jornalista nesta semana, no seu canal Histórias de Cego.

O profissional revelou que a situação desagradável ocorreu nos bastidores, pouco antes de entrar no palco. Ele foi chamado para uma conversa reservada com dois produtores do programa, que tentaram convencer o participante a usar óculos de sol para entrar no estúdio. A justificativa era que o quadro poderia sofrer críticas por explorar a deficiência de Marcos. Contudo, para o jornalista, a ação foi discriminatória, feita apenas para “preservar a estética” do programa.

“Quem tem o direito de me pedir para usar óculos, ainda mais para tapar a minha deficiência? Nisso os dois ficaram muito sem graça, nitidamente não estava partindo deles, eles estavam sendo só enviados. Eu sei que [essa ordem] não veio do Luciano [Huck], eu sei exatamente de quem veio. Veio de cima, mas não tão de cima, veio da direção do programa, que quer preservar, botar aquela estética, tapar meu olho. Meu olho deve ser horrível, não pode aparecer na TV“, disse.

Att: Antônio S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here