Coronavírus sobrevive até três semanas em carne congelada, diz pesquisa - OPINATORIO

Breaking

OPINATORIO

noticias, celebridades, famosos, política

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Coronavírus sobrevive até três semanas em carne congelada, diz pesquisa

Carne: pesquisa indica que vírus pode ficar ativo em carnes congeladas por até três semanas (Thomas Barwick/Getty Images)

Segundo novas pesquisas divulgadas nessa última semana, o novo coronavírus é capaz de sobreviver por até três semanas em carnes e peixes congelados, de acordo com uma pesquisa preliminar publicada no site de estudos científicos bioRxiv.

Para verificar por quanto tempo o coronavírus representava um perigo para os alimentos, os cientistas inseriram uma amostra do vírus em pedaços de salmão e porco vendidos em Cingapura.

Após feito isso, tanto o salmão quanto o porco foram armazenados em temperaturas parecidas com as temperaturas de exportação. Se tratando de uma refrigeração para conservação padrão, a temperatura é de 4 graus Celsius e, para congelamento padrão, -15,56 graus Celsius.2

E após 21 dias de repouso, os cientistas analisaram novamente os alimentos e perceberam que o vírus ainda estava presente – e ativo – nas amostras de salmão e porco. Segundo os especialistas, essa é uma das possíveis justificativas para surtos de coronavírus em países onde a doença não era identificada há algum tempo, como Vietnã, China e Nova Zelândia.

Att: Antônio S. Fonte: Forum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here